sábado, 7 de junho de 2008

Da felicidade

I.

É mais feliz quem aceita a própria condição

O ser do Homem é ser um ser infeliz

É feliz o homem qual aceita que não é feliz,

Pois a felicidade não é deste mundo,

E mais tristes são aqueles os quais sonham com o que não podem ter,

Portanto, mais felizes os que sabem ser infelizes.

II.

Quem é feliz não sabe que é feliz

No entanto,

Se soubesse que é feliz, não saberia dizer o que é ser feliz

Pois se soubesse,

Já não seria mais, então,

Feliz.

E mesmo que soubesse, sendo feliz, dizer o que é ser feliz,

Não se preocuparia em dizer e saber o que de fato é ser feliz.

Tampouco se ataria a querer dizer como é ser feliz.

Não obstante isso,


Carrego felizes lembranças comigo, que de tão felizes,

Pesam.




Juliano Motter, São Paulo, 8 de Junho de 2008